sábado, 7 de março de 2009

Nas dobras do tempo

Mesmo que agora já tenha passado, algumas vezes conseguimos registrar esse mesmo tempo passando, eternizando-o de várias formas.Mas, é preciso sentir o tempo, áliás, mais que isso, é necessário ter tempo para o tempo.






Esperamos o dia todo para contemplar o entardecer e somos presenteados por alguns minutos com essa magnífica paisagem!










De tempo ao tempo!








Uma mãe pode esperar por uma vida toda, para o reencontro como filho roubado!








Tempo para ver florescer!









O tempo é indomável.
Mesmo que você insista em dizer que não tem tempo, ele passa, escoa na ampulheta da vida, levando de nós juventude, esperanças, boas lembranças, tempo perdido, correria sem fim, pessoas que amamos, recordes quebrados, viagens programadas, dias, meses e anos.
Quando se viu já passou e tudo tem seu tempo certo de ir e vir, de acontecer, de esperar, de fazer.Passou, ta passado.Pode-se até refazer, mas o tempo será outro, e o gosto com certeza já não será o mesmo.O que ontem era novo, hoje já está superado.O que fiz ontem, hoje é passado.








Um fóssil.
Testemunha do tempo!






Meditar...requer paz e ...tempo!




Um beijo, pode ter o poder de parar o tempo!







Velhice.
É questão de tempo!















O jet lag.
Diferença de fuso.
Mostra a vulnerabilidade do tempo e do nosso tempo!




Uma foto.
Eterniza o tempo!











O coelho na sua doce loucura, vive sem tempo para o tempo!

“É tarde, é tarde, tão tarde até que arde! Ai, ai, meu Deus! Alô! Adeus! É tarde, é tarde, é tarde!”Coelho Branco










Tempo de esperar
Nove meses...tempo de um milagre!
" As mulheres que conseguem silenciar e ampliar a percepção, envelhecem sem desespero."



Um comentário:

  1. She is more beautiful because she is carrying a life inside her...

    ResponderExcluir